terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Este ano.

Bom, vi algo assim em algum blog, e peço desculpas, mas não lembro onde.

Achei legal e resolvi fazer o mesmo, colocando aquilo que ficou marcado na memoria, este ano.


Beijinhos, e Feliz Ano Novo pra nós!


segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Selo-Entrevista

Boa noite gente bonita!
Como passaram o Natal?

Bem, depois de todo esse tempo sumida, volto aqui com um lindo presente da Gabriela, que escreve no blog 187 tons de frio, um selo-entrevista.

Vamos às regras:
* Responder as questões:

1 - Qual o meu objetivo mais pessoal?
Ser feliz sem me importar com o que as outras pessoas vão pensar de mim.

2 - Que tipo de música você prefere?
Ouço qualquer coisa, exceto funk.

3 - Tem alguma música em especial? Por que?
Tenho várias, cada uma pra um certo momento.

4 - Gosta de ver fotos?
Adoro! Inclusive quando são de outras pessoas.

5 - Qual foi o último filme que viu no cinema?
Faz teeempo:Prince of Percia.

6 - Você é convencido?
Não.

7 - Quais problemas mundiais te preocupam mais?
Aquecimento global, sem dúvidas.

8 - Até onde é capaz de ir por amor?
Desde que eu seja feliz, seria capaz de fazer loucuras!

9 - Gosta de ler?
Amoo!

10 - O que achas muito romântico?
Rosas.

11 - O que você acha da homossexualidade?
Penso que hoje em dia, tem muita gente se fazendo de homossexual só porque tá 'na moda'. Não tenho preconceitos, desde que respeitem a imagem de cada um. Dá mesma forma que não é nada bonito um casal hetero se agarrando no meio da rua, também não é nada legal ver um casal homo na rua se pegando. O que se faz entre quatro paredes interessa somente a quem estava lá dentro.

(não sei aonde a 12 foi parar, haha)

13 - Você é capaz de morrer por alguém?
Pela minha mae.

14 - Você acredita em horóscopo? Por que?
Acreditava. Quando eu era mais nova, achava que poderia encontrar um principe encantado so porque ele combinava com meu signo... Mas ai eu passei a ver que ninguem podia dizer como é uma pessoa só pelo signo dela... No meu por exemplo tinha cada barbaridade!

15 - Você é organizado?
Bom, o meu quarto não é nada organizado, já as minhas coisas da faculdade e trabalho são um mimo de arrumadas. Sem contar que eu estudo pra um dia ser mais organizada que sou. #Biblioteconomia. *-*

16 - Você tem medo de andar de avião?
Sim, muito!

17 - Gosta de sol? Praia?
Gosto da praia, mas não sou nenhum pouco fã de calor.

18 - Você usa óculos?
Miopia 1,50 em cada olho.

19 - O que você faz sábados pela manhã?
Limpo a casa.

20 - Você vê muita TV?
Detesto televisão, prefiro ler jornal on line.

21 - Tens algum fetiche?
Olhos.

22 - O que você mudaria no mundo?
Deixaria todos os gananciosos e ladões [inclusive politicos] em um ilha deserta.

23 - Você é vaidoso (a)?
Só um pouco.

24 - Você gosta dos seus vizinhos?
Só de alguns.

25 - Gosta de sopas?
Adoro sopa! Inclusive a que a mae faz.

26 - A que horas você se levanta?
Segunda a sexta: 5:45. Sábados 9:00 e Domingos, quando o sono acabar.

27 - Partilhas teu quarto com alguém?
Não. Você gosta dos seus vizinhos?
Só de alguns.

28 - Você é uma pessoa simples?
Sim

29 - Você tem boa memória?
Sim, na maioria das vezes.

30 - Você vê desenho animado?
As vezes *-*

31 - Tens jeito para escolher presentes?
Nenhum pouco.

32 - Você já acampou?
Todos os anos, com a familia, há 10 anos!

33 - O que fazes nas férias de verão?
Viajo, descanso, engordo, durmo e acampo.

34 - Sais a noite? Onde costuma ir?
As vezes. Gosto de um cineminha ou uma bagunça com os amigos.

35 - Primeira coisa que você lava no banheiro?
As mãos.

36 - Com quem você vai estar hoje à noite?
Minha amiga Letícia e a mae dela no shopping

37 - O que você vai fazer amanhã?
Ainda não pensei em nada. Talvez assistir a temporada do House.

38 - Qual foi a última vez em que você chorou?
Deve ter um mes +/-

39 - Estação preferida:
Inverno.

40 - Alguma vez já bateu em alguém?
Em um ex-vizinho meu, quando tentou bater no meu irmão.

41 - Qual foi a última pergunta que você fez?
Maano, cadê a Leticia?

42 - Diz o que te vier à cabeça:
-Quero meu namorado aqui agora!

*Outra regra: passar este questionário para 10 blogs:

Hosana Lemos, Esboços e Cores
Carolinne, I Love You
DianaBruna, She's Eletric
Katharine, -Angel'Faces
Camilla Scarpa, Rabiscos da Madrugada


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

'Porque andar do Metro Jabaquara ate a estação Ana Rosa, embaixo de chuva, não é facil não. E tudo isso porque o metro quebrou.


#FuncionariaAtletaDoMes.

________________________________
Juro que se não fosse a companhia do Vagner [azarado] eu não teria ido.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Selo.

Recebi esse selo lindo da Baah, do blog Luz Som Dimensão

Regras para esse selo: Contar 09 coisas sobre mim.

* Tento ser sempre sorridente.
* Sou muito sentimental.
* Não sou de contar meus problemas e sentimentos para todas as pessoas. Poucos são os que realmente conhecem tudo sobre mim.
* Sou viciada em doce, não so em chocolate.
* Não tem coisa melhor no mundo do que comer!
* Adoro ler.
* Nunca fui pra uma balada, mas ainda vou!
* Sou complicada, confesso que tenho mais fases que a lua.
* Nunca fiz uma loucura do tipo, fugir de casa por um dia. [ainda vou fazer isso]

Indicar para 09 blogs:



sábado, 4 de dezembro de 2010

“Carta de alguém, para alguém que amo.”

Este texto participa da edição de Cartas do Bloínques
Escrevi aqui de novo, porque gosto muito dele.

____________________________________________________________

“Carta de alguém, para alguém que amo.”

Juro que não lembro como nos conhecemos. Nem qual foi a nossa primeira conversa.

Mas sei com cada pedacinho de mim, que você conquistou logo quando me olhou bem dentro dos olhos, mesmo de longe.

Foi inevitável, havia entre nós algo mais forte do que poderíamos evitar. Meus olhos não me obedeciam mais, mesmo quando não queria olhar para ti, eles me enganavam e meu olhar pairava mais uma vez naquela mulher sentada sozinha na mesa do café.

Quando saímos juntos, depois de muito tempo só te observando quase todos os fins de semana, foi algo mágico.

Você conseguia me deixar sem fôlego quando só segurava em minhas mãos.

Conseguia me dominar.

Não conseguia parar de pensar nessa mulher linda que conheci. Foi quando descobri que a queria para sempre junto de mim.

Todas as vezes que saiamos para dançar, lembra? Preferia estar sentado, vendo-a dançar a cada nota tocada. Nenhuma música era desafio para você.

Então comecei a perceber que você nunca dançou só para mim. Você não sorria só para mim. Seus abraços não eram só meus.

Suas curvas enfeitiçaram quem quer que a assista.

E então você me deixou. Quis ganhar o mundo. Levou parte de mim.

Sigo meu caminho, volto ao café em que nos conhecemos, mas você nunca está lá...

O cappuccino não tem mais o mesmo gosto.

Nem mesmo o inverno mais rigoroso me dói tanto quanto não te ter.

E agora eu só espero você.

De um coração partido. Sem notas de tango, sem baladas de pop rock. Só mesmo um ‘choro’ no violão. Ou o toque triste de um violino. Um coração sem batidas, já que você as levou também.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Hey, Sorria!

Todo mundo aqui sabe, que eu adoro sorrisos..

Então, porque não dar um agora?


video


Essa foi mais uma campanha da Brastemp.
Que, na minha opinião ficou lindissima! *-*

domingo, 14 de novembro de 2010

Vem cá.
Me enrosca no teus braços, tenha só a mim.
Esquece do tempo e enche minha boca do teu beijo doce.
Desperta em mim, aquele arrepio que só você sabe.
E dança comigo numa sintonia só nossa.

sábado, 6 de novembro de 2010

Tiraram de mim, o papel e o lápis.
Roubaram a minha fala.

Os sonhos, também não tenho mais.
Me privaram dos suspiros.



________________________________
As vezes penso que estou no lugar errado, na hora errada..
Resta descobrir onde é meu lugar.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Amor roubado.

Todo dia eu o via sentado pouco a minha frente no ônibus. Sempre. Já me acostumei com a sua presença até o momento em que o ônibus ficava extremamente cheio e eu o perdia de vista por entre as bolsas e pessoas se equilibrando.

Certo dia, porém, quando ele subiu e pessou pela catraca do onibus, não sentou-se "no seu lugar", que como sempre estava vazio, mas sim, quis acomodar-se ao meu lado.

-Posso sentar? - perguntou educado. Tinha até uma voz bonita. Fiz que sim com a cabeça.
-Desde que você não durma e ronque ao meu ouvido.... Ou que venha me assaltar. - Falei seria. Ele achou que fosse verdade, mas não, claro que ele não faria um assalto ali comigo.

-Prometo não dormir, mas você também tem que me devolver o que roubou de mim. A ladra qui é você.
- Hã? - Agora foi a minha vez de não entender nada.

- Tens meus sorrisos, e dos sentimentos o mais belo. e se hoje sento aqui, é porque vim buscá-los. - Falou sorrindo lindamente para mim.

Senti que fiquei vermelha, mas sorri de volta. Mal sabia ele, que também era dono de meus sorrisos e coração.


sábado, 16 de outubro de 2010


Confesso que não sou fã de mar, mas admiro profundamente a sua beleza.
O azul da agua me faz lembrar das vezes em que tudo era tão facil de se resolver... De como eu era boba e ingenua.

Mas ainda assim, me traz boas lembranças.
O cheiro do mar, é repleto de saudades, das coisas boas, das noites dormindas dentro da barraca, da ventania que enfrentamos de noite..


Com a porta do carro aberta, sentei olhando pro mar.
Ví como as ondas são perfeitas, e como elas são lindas.


___________________________
"O único problema de ir à praia, é que no caminho eu acabo pensando demais."

sábado, 9 de outubro de 2010

Na consulta com o médico, dia 05/10:
-Então, para anotar em sua ficha, quantos anos tem? - Perguntou a mim o médico.
-Aaah, você quer considerar 18 ou 19 anos? - eu respondi.
- Por quê?
-Porque dia 07 eu faço 19 aninhos.
- Opa, então acho que posso considerar 19 mesmo...

E ao final da consulta, quando o assunto já não era nem a minha idade:
- ...Então estamos entendidos... e a propósito, o que vai pedir de aniversário? - quis saber.
- Ainda não sei.

- Eu acho que você poderia pedri um carro.

=P

sábado, 2 de outubro de 2010

- Volta com ele... Era ele que te fazia sorrir aquele sorriso bobo.
- Não vou dizer que não quero ou que ele não me faz falta. Dói aqui o peito sem a presença dele, mas eu quero pra mim, um amor inteiro.
- Amor inteiro?

- É, aquele que é sem reserva, sem medo. Com ele nunca é assim. Ele sempre tem a dúvida rondando-lhe... Ele nunca é por inteiro... Eu não, eu sou toda coração. Dele.



________________________________
Senti saudades daqui..
Prometo que volto logo com algo pra postar ^^


domingo, 12 de setembro de 2010


O teu cheiro já faz parte de mim. Teu sorriso guardo bem guardado dentro da memória, tão bom te ver sorrir!

Quando você não vem [ou chega mais tarde], aperta o coração aqui dentro, batendo devagar, poupando esforços para poder me entregar [como sempre] quando você me abraça ou sussurra alguma daquelas coisas lindas que adora falar-me ao pé do ouvido.


quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Moço... Você é tão lindo sorrindo assim... Mas é mais lindo ainda quando consigo te deixar envergonhado.

Quer fugir comigo?
O destino deixo você escolher, e não precisamos comprar a passagem de volta. Quero só que você não me solte jamais.


So follow me down
(Where to?)
Outta this town
(With you)
Girl you're moving way too slow

So follow me down
(Which way?)
I'll show you around
(Okay)
There's a place we gotta go

Follow me, follow me
Fa la la la la
____________________________________
(Follow me Down - 3OH!3.)

terça-feira, 17 de agosto de 2010

“Carta de alguém, para alguém que amo.”

Juro que não lembro como nos conhecemos. Nem qual foi a nossa primeira conversa.

Mas sei com cada pedacinho de mim, que você conquistou logo quando me olhou bem dentro dos olhos, mesmo de longe.

Foi inevitável, havia entre nós algo mais forte do que poderíamos evitar. Meus olhos não me obedeciam mais, mesmo quando não queria olhar para ti, eles me enganavam e meu olhar pairava mais uma vez naquela mulher sentada sozinha na mesa do café.

Quando saímos juntos, depois de muito tempo só te observando quase todos os fins de semana, foi algo mágico.

Você conseguia me deixar sem fôlego quando só segurava em minhas mãos.

Conseguia me dominar.

Não conseguia parar de pensar nessa mulher linda que conheci. Foi quando descobri que a queria para sempre junto de mim.

Todas as vezes que saiamos para dançar, lembra? Preferia estar sentado, vendo-a dançar a cada nota tocada. Nenhuma música era desafio para você.

Então comecei a perceber que você nunca dançou só para mim. Você não sorria só para mim. Seus abraços não eram só meus.

Suas curvas enfeitiçaram quem quer que a assista.

E então você me deixou. Quis ganhar o mundo. Levou parte de mim.

Sigo meu caminho, volto ao café em que nos conhecemos, mas você nunca está lá...

O cappuccino não tem mais o mesmo gosto.

Nem mesmo o inverno mais rigoroso me dói tanto quanto não te ter.

E agora eu só espero você.

De um coração partido. Sem notas de tango, sem baladas de pop rock. Só mesmo um ‘choro’ no violão. Ou o toque triste de um violino. Um coração sem batidas, já que você as levou também.



_______________________________________________

Sonhei com algo parecido... Era uma mulher dançando e um cara abandonado no final..

Mas aqui nas palavras, eu brisei mesmo. :S


Saudades daqui, mas o tempo tá pouco e menor ainda tá a inspiração.

Mas sempre que posso dou uma passada no blog do pessoal!


Beiiijos.


terça-feira, 10 de agosto de 2010

Heey, quanto tempo será que dura o "pra sempre", porque ele podia ser pra sempre mesmo...
O seu abraço podia ser o meu pra sempre, e meu sorriso o seu.
E todas as vezes que nos beijassemos podia ser o eterno.
Quando você me olhasse com olhos de amor eterno, poderiam ser o nosso refúgio do mundo.

Já sei, sempre que você esquentasse meus pés, seriam o meu pra sempre.
Se você me pedisse um cafuné, esse seria o teu tempo parado para sempre.



As vezes paro em frente ao relógio e tento de todas as formas pará-lo, mas tem sido cada vez mais dificil.
Há dias em que eu preciso mais ainda de você, mas acho que você não percebe pela voz no telefone, e espero anciosa até o sabado chegar.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Free Hugs - Abraços Grátis!

"Nossa, um abraço grátis? " - falou a senhora, quando leu meu cartaz.
"A senhora quer um abraço?"
"Aah eu quero... " - disse meio contida.

[Depois do abraço]

"aah que abraço gostoso! " - e ela ficou me olhando...
"A senhora quer mais um? "
"Posso? "
"Claaaro, é de graça! - disse abrindo meus braços para recebê-la.

" Seria tão bom se as pessoas se abraçassem... O mundo seria tão melhor! "

__________________________________________
Bom gente, isso foi uma das coisas que eu ouvi no Free Hugs que aconteceu no dia 25/7/2010, em frente ao MASP e com término no Parque do Ibirapuera.
O melhor desse movimento todo, foi que quem participou levou 1kg de comida não perecivel [ou doou em dinheiro mesmo] para doarmos a ums instituição.


Aqui uma parte do que aconteceu


quarta-feira, 28 de julho de 2010

Você com aquele sorriso lindo...
Dormi e sonhei com ele.


Hoje, parabens por aguentar 21 Tpms.
Parabens por me ensinar como é amar.

Eu te amo moço bonito.
Que vivamos muito mais do que 1 ano e 9 meses juntos...
Que seja eterno.


domingo, 11 de julho de 2010

Sorriso.


De todos, ela consegue arrancar o meu sorriso mais lindo.

Posso estar triste, ela alegra-me.

E quando ela chega me dá aquele abraço em que o mundo roda! [literalmente]

Ela tem todo aquele jeitão de bruta, mas não é não... É só jeito mesmo.

Sempre quando penso nela, ela me manda um email ou ainda uma mensagem no celular. Ela sente quando eu preciso de alguém pra segurar minhas mãos.

Ela é o meu sorriso. E eu sou o sorriso dela.

Levo-a sempre comigo.

- Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.


Meu Sorriso, Kah ♥

domingo, 4 de julho de 2010

Provou do doce veneno de um beijo doce, entregou-se a um abismo sem fim d’um abraço, velejou por entre as ondas não-calmas daqueles olhos castanhos.

Conheceu por fim, o amor sem nem mesmo perceber que estava de toda apaixonada.

Não conseguiu então, se livrar dele. Estava dentro de ti, por um tempo ‘indeterminado’. Sempre.

segunda-feira, 21 de junho de 2010


-Mãe, porque tem estrelas no mar?
-Porque elas descem à Terra para iluminar os homens, mas muitas vezes eles as recusam e perdem o direito de voltar ao céu.

-Mãe, eu tenho uma estrelinha que brilha por mim?.
-Claro, porque acha que você é assim sempre tão lindinha?

quarta-feira, 16 de junho de 2010

O brilho daquela estrela que hoje acordou reluzente, se apagou.

______________________________________
Porque logo no primeiro semestre pegar exame de uma matéria por 0.04 ponto, é foda[com o perdão da palavra.]




sábado, 29 de maio de 2010

Como pegar uma estrela.

Fernanda era pequenina, mas o que tinha de pequena, tinha de grandiosa simpatia.
Ainda esses dias, encontrei-a bem vestida, toda arrumada e com uma bota de salto alto.

-Olá Fernanda! Como está bonita hoje! Vai para festa, né?
-Não... que isso....

-Fernanda, queres poder pegar uma estrela?
- Como assim?

- É que para poder chegar às estrelas, vai precisar de um salto pouco maior.




______________________________________
foi uma brincadeira que fiz com uma moça da minha sala, lá da facu.
Desculpas pela falta de atualização, galera, mas o tempo tá pouco e ainda na proxima semana pra ajudar, começo as provas e trabalhos.

mas sempre quando dá, dou uma visitada nos blogs! *-*

Tem selinho para postar, em um outro dia [com mais tempo] prometo que os coloco aqui.

Beijos!

domingo, 23 de maio de 2010

Deitei no travesseiro, e chorei mais uma vez...
E ele me disse pra parar de tentar abraçar o mundo com meus bracinhos pequenos.
Parar de me preocupar com os outros, e que não, eu não jamais vou ter reconhecimento de tudo o que faço.

prometo que vou tentar fazer o que ele me disse.

domingo, 16 de maio de 2010

Abraça e não me solte

Sabe aquele abraço forte, o mais forte de todos de hoje?
Aquele que de repente te peguei de surpresa e não soltei?

Foi mais que um abraço moço, ali encolhida em teus braços havia uma suplica para que ficasse comigo, para que esquecesse que o mundo o aguarda lá fora.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Com um olhar malicioso quis saber onde poderia me encontrar. Fácil, qualquer um saberia a resposta:
"Disse para me encontrar nos sorrisos, nos abraços fortes, em sonhos mais esquecidos. Dentro das melodias mais belas, e naquele cantinho mais escondido do coração. No brilho que o sol tem, na dança mais contida. No perfume mais doce. Ali pelas folhas daquele livro predileto. Na onda calma do mar. Na brisa suave... Me encontre por ai, quem sabe. "

____________________________
Confesso que não sei bem o que fui 'isso', passei a semana toda com essas frases na cabeça. Acho que se alguem algum dia me perguntar onde poderia me encontrar, e eu por acaso não o quisesse o mesmo diria isso... é um jeito sutil de dizer nada.
rsrs

Minha ausencia no blog tem explicação e peço desculpas por isso... O tempo tá corrido, e eu ainda por cima consegui um estágio *-*
Tô gostando mesmo...suuuper divertido.
Mas não pensem que esqueci de vocês não... Dia ou outro apareço dando sinal de vida.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Amor timido.


Olhar atento. Sorriu tímida. E ali no canto da boca, ainda escondido uma vontade de rir que surgia de dentro de ti. Não era nada. Era tudo. Era ele quieto sentado na praça. Eram seus braços querendo um forte e interminável abraço. Era chamego, era parte de ti. Era coração, era sentimento. Era amor.

sábado, 24 de abril de 2010

"Numa noite fria, desiludida e sozinha pequena Ítala olha desatenta para os lados, sem nada notar, até que um moço bonito senta ao seu lado e conversam pela noite toda.
Ela não sabia, mas ali era o seu verdadeiro amor, daqueles em que cada beijo é especial e que cada abraço é mais forte que o outro.
E em uma despedida, eles se olharam pedindo em pensamento um beijo.

foi num olhar timido que esse beijo surgiu."


_____________________
esse foi um comentário para uma moça que passou por aqui, sobre seu ultimo texto dela: Olhares [aqui]

E esse beijo continua doce mesmo depois de tempos... ♥

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Minha linda, não fique assim... Isso acontece mesmo, fato, todo mundo passa por isso...Sabe um dia ele me disse que adora fazer isso, é eu estava conversando com ele e perguntei por que, o danado me respondeu que é pra ver o que a gente vai fazer depois, pra ver como a gente vai reagir.Safado, né?Pois é... Mas acontece. Não, não é só com você minha linda, eu passei por isso também. Sei que dói, mas fazer o que se ele adora nos pregar uma peça. É por isso que ele tem esse nome, porque ele tem todas as emoções e gosta de mexer com aquele que o abriga.Nem adianta pedir pra ele parar, porque ele não para. E ainda mexe mais ainda com você... Vai deixar-te mais confusa ainda.E sabe o que é pior? Quando ele percebe a arapuca que ele armou, e ai ele volta a ficar cabisbaixo, quieto e isolado. Ai sim vai doer nele. E em você também, de novo.

É, por isso que todo mundo reclama dele... Que ele nunca sabe de nada, ou ainda chama-o de frio ou de pedra. Algumas pessoas, conseguiram domá-lo, mas só por algum tempo, logo ele solta-se das correntes e volta a aprontar.

É minha linda, por isso que nós o chamamos de coração.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

"Como você fez pra eu te amar tanto em tão pouco tempo?"


Foi essa a mensagem que eu recebi, assim direto e reto, de repente. Eu fiquei sem resposta, claro. Mais lindo fora a forma como eu fui questionada, a mensagem no celular veio acompanhada da sua voz doce aos meus ouvidos.
Prometi pensar em algo plausível como resposta. Ainda que foi muito dificil, talvez essas sejam algumas das possibilidades:
*Os teus olhos me aprisionaram, tornaram-me prisioneira.
*O seu abraço é forte, me passa tranquilidade e segurança.
*Suas mãos são firmes e decididas.
*Você me ouve e eu aprendi a escutar.
*Você é detalhista e eu busco a perfeição aos seus olhos.
*Você é meu, e eu sou sua. Sua pequena e juntos formamos um só, você é parte de mim, impossível viver sem coração.

Você carrega-o consigo todos os dias.


_____________________________
Não sei se já tinha postado aqui... Encontrei esse pedaço de papel em um caderno velho, nem mesmo sei se mostrei a ele isso...
Pouco 'infantil' isso foi bem quando nos conhecemos, a cerca de 1ano e meio.

Desculpas pela falta de posts... ando sem inspiração e sem muito tempo. Quando penso em algo, nunca é algo bom para estar aqui.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

-Moço, hoje está tão frio... Tem uma chuvinha fina caindo lá fora e meus pés ainda estão gelados... Preciso de alguém pra esquentar meus braços e me fazer um cafuné. Pra sussurar no meu ouvido um 'boa noite' bem quente. Pra dormir entrelaçada e quentinha. Pra sonhar um sonho lindo. Pra acordar bem.

Vem moço, aqui dormir juntinho de mim.

domingo, 4 de abril de 2010

Porque sempre que você está comigo, eu vivo só o nosso mundo.
Nada mais importa.
Nada mais vejo.
Nada mais sinto.
Nada mais quero ter.

Só você juntinho de mim.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Palavras de Avó.

Não estava bem. Foi ao médico.

Fizera vários exames, entretanto, não tinha problema algum.

Ainda assim sentia dores no peito.

O médico, muito sensato e já com certa idade, veio dizer-lhe:

-Está tudo bem. Você não tem nada. Saúde perfeita e de ferro!

- Tem certeza? Ainda dói...

-Absoluta. Sei que ainda dói, mas essa dor já não é mais da minha área.

-Como assim não é mais da sua área? Então eu não estou bem, o que eu tenho?

Não era ‘dor de cotovelo’, não era ‘fingimento’ muito menos frescura.

-Dor de coração. Dor de amor que você tem. Remédio existe sim, chama-se tempo. E ainda assim traz consigo, sempre, os efeitos colaterais: choro, tristeza, solidão. Em alguns casos demora-se para causar efeito. Não tem como saber... Depende do estrago já causado... Posso lhe afirmar que você esta doente, com a pior das doenças, porque ela atinge direto ao coração... Dói né? Sei que dói... Mas todos nós passamos pela mesma coisa, acredite. Resta esperar. Daqui, você está dispensada.

Saiu confusa. Dor de coração, então era verdade, ela existe mesmo e estava passando por ela. Sabias palavras de sua avó quando dizia que não existia dor pior.

terça-feira, 23 de março de 2010

Ele estava ali deitado no meu colo, e eu mais uma vez, vi como ele é bonito, fazendo-lhe carinho no cabelo, bagunçando tudo, mas ainda assim continuava lindo:

-Gosto do formato da sua boca. - eu disse.
-É? Porque se ela não tem nada demais?
-Gosto da sua porque é tão gostosa de beijar.

domingo, 21 de março de 2010

De toda complicada.


Confesso que não sou o tipo que fala de tudo. Espero que você 'aprenda' a me ler.
Não que não goste de conversar, mas prefiro ouvir.
Quando falo, falo demais. Prefiro que as pessoas descubram como eu sou, do que eu gosto, daquilo que eu quero, ao invés de me ouvirem falando.
Sempre espero que você tenha o 'primeiro passo'.



segunda-feira, 15 de março de 2010

Ontem dormi abraçada com o Torrão*, pra ver se a saudade diminui um pouco...
Dormir bem, fato, mas teria sido bem melhor se fosse você do meu lado.

-Demora muito pro fim de semana chegar? Ops, ainda é segunda.

_____________________
Semana passada passou voando... Só mesmo o sábado e domingo pareceu demorar um pouco mais a passar... Bom, assim pude aproveitar mais os minutos com você.
Torrão* - O cachorro de pelúcia enorme que você me deu de aniversário... Quando a saudade aperta, me agarro a ele... Porque Torrão?
Porque meu moço tem o jeito torrão de ser.


Também em Cheiro de Chuva [aqui]

quarta-feira, 10 de março de 2010

Cláusula no Contrato de Namoro.

-Mor... Vamos fazer uma nova 'cláusula' no nosso contrato de namoro?
-Depende de como é essa 'cláusula'... - quis saber com medo.
- Aah, assim, nós podíamos ter um relacionamento mais aberto, mais liberal... entende?
-Entendo...
- E aii, topa?
- Tá dizendo que você quer ficar com outras pessoas além de mim... Muito legal isso... - irônica, não gostei mesmo e ainda fiz cara de choro.
- Por que não?
- Olha se você quer ficar com outras pessoas, azar o seu. Mas eu não consigo.
- Como assim não consegue.. você nem nunca tentou isso! - parecia que ele se divertia com isso.
- É porque a minha boca só quer beijar a tua. Minha mão só quer segurar a tua. Meus braços só querem que você me abrace. Meus pés só se deixam esquentar pelos teus.
- Minha linda... - disse me abraçando bem forte e mordendo o meu lábio, sorrindo. - Eu também.
-Aah é? Então porque toda essa palhaçada?
- Pra ver como você iria reagir... Sabia que fica linda com essa cara de choro? eu só sei amar você bobona.


_________________________
Aaaii de você senhor moço se vir de novo com essa historia de 'relacionamento aberto'
Eu te pego!
tsc tsc...


Pessoal, olha to conseguindo postar comentários em alguns blogs de novo, [ufa!] mas ainda assim, em alguns tem problemas... e aii eu mesmo assim to postando.. mas como anônimo, e ainda deixo o link do blog, okay, pra vocês saberem que eu to ali... *-*


terça-feira, 9 de março de 2010

Mulherada

Chegou em casa e logo se desfez do salto alto. Cansada, pousou a bolsa em cima do sofá e sentou-se para descansar em pouco. Em minutos pos-se a pensar no que faria para jantarem. Decidiu antes de tudo, tomar um bom banho frio para esquecer o dia maluco que teve.

A água fria acalmou-a, caia como que lentamente pelo seu corpo fazendo uma massagem natural...

Saiu do banho e foi num vôo sem escalas para a cozinha, logo em seguida ele estaria chegando.
Começou pela mistura, dançando como uma criança feliz de um lado para o outro...

-Ola amor, boa noite. - ele chegara tão exausto como ela, soltou o nó da gravata, desabotou alguns botões - Como foi seu dia?

-Bom, cansativo, mas bom. - mentiu, ele não precisava saber como foi um inferno trabalhar hoje.

- Não me pareceu tão bom... Mas tudo bem, você é mesmo uma guerreira por acordar todos os dias e passar pelo que passa... Imagine, eu não seria capaz de fazer metade do que você faz em um dia!

Aquilo a fez desmoronar por dentro, apesar de tudo, ele ainda assim reconhecia como era maluco os seus dias, sentiu-se feliz mais um vez, sentiu-se especial.

-Parabens por hoje mais uma vez, querida.

Chamou-a de guerreira mais uma vez e pos-se a ajudar na janta.



__________________________________
A todas aquelas que guerreiam todos os dias incansavelmente!
[mesmo porque aguentar TPM não é mole não.!]

Feliz dia internacional da mulherada!!

quinta-feira, 4 de março de 2010

Um dia, quando pequena, Ítala ganhou um anel lindo da sua mãe, ela logo pôs-se a usar o anel no seu dedo anelar esquerdo.

Sua mãe porem, disse que esse dedo não era dedo para se usar anel, pois era o dedo em que um dia ela viria a usar uma aliança que simbolizasse seu casamento com o homem que mais amasse.

Cresceu e nunca mais ousou colocar outro anel naquele dedo. Nem ao menos conseguia imaginar-se usando algo ali. Era estranho a sensação de ter um anel ali.

Hoje, porém não sente mais como um incomodo uma aliança que pousa por ali.

É como se ela fosse destinada a receber somente de ti a aliança mais linda de todas. É como se esse fosse o lugar só seu, e que só você poderia calçar um anel ali...

[e desde que te conheci, sabia que era você.]

Te amo.

________________________________

Gente, ainda com problemas de comentarios..

mas acradeço muito ao pessoal que ainda assim volta aqui *-*

Já mandei meu problema para os topicos de ajuda, mas acho mesmo que o problema está no meu pc[virus ou algum plug-in, seii lá!]


quarta-feira, 3 de março de 2010

Problemas Técnicos. ¬¬'

Eu to irada!
mesmo...
Venho aqui por meio de uma postagem pedir duas coisas:
1° que eu não to conseguindo comentar em nenhum blog. Já tentei de tudo, mas nao comenta! Então, gostaria mesmo de pedir desculpas por não terem meus comentarios, mas tenho visitado toodos os blogs que por aqui passam, e todos aqueles que comentam tbm...

2° Por favor, se alguem souber o que eu tenho que fazer pra poder comentar de volta me ajudeem!
To rezando pra que essa coisa seja temporaria, não dá pra ficar sem comentar e agradecer ao pessoal né.


Pessoas, desculpa mesmo!
:@

segunda-feira, 1 de março de 2010

Isolofobia.

Nunca tive medo de bicho-papões, tá ai uma coisa que eu nunca acreditei. Tinha sim medo de pesadelos, sempre tive muitos quando pequena e neles as pessoas que eu amo morriam de formas horrentas; Mas isso também passou desde o dia em que a minha mae colocou uma jarra de água na cabeceira da cama e um apanhador de pesadelos pendurado na porta do armario.

Mas se tem algo que me atormenta, é estar sozinha. Não consigo não ter ninguem comigo, me sinto perdida, como que caindo em um buraco fundo e não pudesse jamais sair.
Já tentei em casos assim, ser amiga da solidão, mas ela também me assusta com aquele jeito frio de ser.
Sem duvida, medo mesmo é de perder amigos. Mal posso pensar em deixá-los que logo me arrepio! Dói no coração quando isso acontece.. Arde como se arrancasse parte de mim.
Não funciona me deixar sozinha, eu sento e choro. Paro e fico ali sentada atá aparecer alguém... Esperando a dor da solidão passar enquanto me afogo em lagrimas.
Algumas pessoas devem pensar que tudo isso não passa de uma 'cena', mas não é... É medo de não ter ninguém para segurar minha mão quando eu precisar.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Esse texto é para o Projeto Post It

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Sinto sua falta... Era tão bom te ter todos os dias comigo. Mesmo que por cinco minutinhos.
Lembra de quando eu dizia que já estava enjoada de te ver tooodo dia? De quando eu falava que era bom sentir um pouquinho de saudade?
É meu moço, acontece que não é nada saudável sentir saudade... Ela dói, machuca tanto!
Aah como eu sinto falta do seu abraço grande e forte... Do seu perfume.. Seu gosto.
E de todas as vezes que você me chamava de linda, mesmo com o cabelo por completo armado. Tenho sentido falta dos seus elogios. Não de qualquer 'peão' ou caminhoneiro da rua, dos seus elogios, daqueles mais bobos. Ao menos assim, eu me sento um pouco mais como uma 'pedrinha preciosa.'

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Tão bom poder ouvir a sua voz no telefone, mesmo que por alguns minutos, ou que a ligação esteja péssima.
Ao menos tenho a impressão de que você está mais pertinho de mim...
E ai meu dia fica melhor, só por ter falado com você...
Te amo.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Mamãe, sabe o que eu quero ser?

Eu era uma menina que sonhava ser tudo na vida. Mas não tinha em certo o que queria ser.

Bailarina, médica, professora, astronauta, escritora.

O mundo era grande demais para que eu pudesse ter tudo em minhas pequenas mãozinhas.

Minha mãe sempre me incentivava em seguir alguma profissão, independente do que fosse eu deveria mostrar aquela coisa de ‘poder feminino’.

Quando pequena, descobri que tinha sede de conhecer. Não importava onde estivesse sempre tinha a companhia de um livro.

As palavras levaram-me para outras dimensões, conheci mundos perdidos, histórias passadas, mundos de alegrias e tristezas, fantasias.

Com 15 anos, tornei-me uma verdadeira amante das palavras.

O mundo passou a ser meu.

Foi assim, que a bibliotecária me fez um grande convite: já que meu lugar predileto de se passar horas era dentro da biblioteca - com o passar dos anos tornou-se a minha casa, sim, quando minha mãe queria sair sem mim, deixava-me na biblioteca - que eu passasse um dia ajudando-a na organização.

Fui ao primeiro dia. Voltei na semana seguinte, e na outra, e na outra semana também, dessa forma, virei uma ‘estagiaria’ da biblioteca.

De um tudo eu fiz, desde organizar sarais de poesia, até mesmo limpeza de revistas e encadernação de livros.

Três anos depois, definitivamente eu decidi qual profissão seguir: bibliotecária.

Eu não queria mesmo ser música, escritora, professora, astronauta? Então, eu posso ser uma bibliotecária de uma escola de musica, ou de uma escola infantil, ou até mesmo da NASA!

Eu posso criar fantasias e mundos de contos de fadas, que eu tanto ensino quando aprendo quando nessa profissão.

Quer um lugar melhor para se trabalhar do que em uma biblioteca?

Eu posso conhecer o mundo sem sair do lugar.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Meu pai sempre foi muito quieto.
Sempre quando eu conquistava algo de meu interesse, eu sei que ele ficava feliz, mas nem sempre ele demonstrava estar tão empolgado como eu...
E pelas vezes que eu não conseguia me sair assim tão bem, a cara dele era de menos empolgado ainda.
Certo que ele é um cara super legal e brincalhão, mas mesmo assim, ele sempre foi mais reservado.

Nessa semana, eu me surpreendi: recebi uma proposta de estagio na área que eu estou cursando, e cá entre nós, estágio em biblioteconomia é coisa raríssima!
Mas mesmo assim, meu pai me deu a maior força, me mostrando super interessado, até parecia que o estágio era pra ele... kaspaskoasp
Senti-me tão importante naquele momento. Pode parecer soar, que ele não se interessa por mim, mas ao contrario, ele só não demonstra essa vibração sempre.
*-*


quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Diálogo produtivo.

-Conversa comigo?
-O que? to sem assunto...

Depois de um tempo eu começo:

-Blá blaá blá...
-É verdade.

-Blábláblá bláááá
-Não.. nem inventa isso nao.

-Bá blááá! Bla.. bla.. ?
- ahm... vo pensar no seu caso.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Viu só moço.. nós criamos um dialogo!
Que conversa produtiva a nossa hein... kaspsokpsaos

'Te amo.

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Amanhã.

Tenho medo de mudar.

De acordar na manhã seguinte, me olhar no espelho e ver que não sou mais a mesma pessoa.

Medo de me tornar aquilo que eu não quero.

De perder as esperanças, de não ser pessoa do ‘bem’.

De perder quem eu amo.

Medo do amanha.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Me impressiona como ler é bom!
O melhor sem duvida é quando você esta sentada num banco de onibus , com um livro nas mãos, até que de repente, ali no canto da boca, surge um sorriso timido, escondido. E aos pouco esse sorriso pequeno se transforma em um grande sorriso bobo, aberto por todo o rosto.
E o melhor, ela sorri para o livro!
É como se aquelas palavras o autor tivesse escrito para você! E então, bate aquela sensação de que quem escreveu a obra, torna-se um grande amigo seu. E sorri mais ainda.

É por isso que eu gosto de ler. Não me canso desse outro mundo!

~~~~~~~~~~~~~~~
Ah, dedicado a uma moça que eu não conheço, que lia no ônibus "Homens são de Marte e as mulheres são de Vênus", cujo abriu um lindo sorriso então lia.
Não poderia existir melhor forma de ir a aula de biblioteconomia do que ver uma coisa dessas ^^

domingo, 7 de fevereiro de 2010

É.. Eu não achei que fosse tão difícil não te ter comigo todos os dias.
As horas não passam se você não está aqui para me abraçar.

Don't wanna close my eyes
I don't wanna fall asleep
'Cause I'd miss you, baby
And I don't wanna miss a thing
'Cause even when a dream of you
The sweetest dream will never do
I'd still miss you, baby
And I don't wanna miss a thing
[Aerosmith - I Don't Wanna Miss a Thing]

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

-O que você está pensando? - quis saber
- Quero um beijo. - ele respondeu de cabeça baixa.
- Por que quer um beijo meu agora?
- Porque gosto de te beijar.
- Por que gosta de me beijar? - ainda assim insisti
- Porque seu beijo me deixa feliz.
- Por que?
- Porque eu te amo.

formspring.me

Manda que eu respondo Baby! ;] http://formspring.me/italavallin

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Retribuir. - Melhor amigo.

Já aconteceu com todo mundo. Sempre acontece na verdade. É uma coisa natural do dia-a-dia das pessoas.
E então quando acontece você passa a ver com outros olhos. Se apaixonar pelo melhor amigo não é coisa fácil.
Primeiro porque se você só o tem como melhor amigo e não vai querer ficar com ele passa a ter medo de 'perder a amizade'. Segundo que você começa a escolher bem as palavras quando fala com ele, evitando alguns detalhes intimos demais.
A coisa passa a piorar, quando você deixa claro que não quer nada com ele, porque é só o seu melhor amigo, é aii que mora o perigo.
A sua amizade que era perfeita com o cara, deixa de ser tão mais sincera com ele: não conta mais os seus segredos, não riem mais das idiotices de antes, o abraço não é mais tão apertado, enfim, em pouco tempo você começa a notar o quão distantes vocês estão um do outro.
Meses depois você percebe que ele não anda mais com você, não lhe dá ouvidos e que o maximo que rola é um "oi" casual e um abraço saudoso, porque em seguida faltam-lhes assuntos. E ai, sente mais falta dele ainda.
No fundo você ainda tem medo de que ele ainda seja o mesmo apaixonado que era, vocês não tocam no assunto, na verdade, nunca falavram isso desde o dia em que tiveram aquela conversa, mas mesmo assim você gosta do carinho que ele tinha, mesmo não retribuindo.
Isso vai acontecer até o dia que você perguntar no msn como ele está, e o cara demora pra responder, porque ele está conversando com a namorada na outra janela.

Vai bater uma dor no coração, uma saudade, misturada com ciumes porque ele é [ou era] o seu Melhor Amigo.
Vai ter uma vontade de voar no pescoço da guria se ela cogitar a ideia de fazê-lo sofrer...

E então você se lembra que amizades são sempre assim, quando você tem um amigo, corre esse risco, as coisas acontecem e você nem mesmo percebe. Acontece com todo mundo. É uma daquelas armações que a vida nos reserva....

(K.O -> You Lost Your Friend.)

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Sabe como eu te amo?
Amo cada olhar seu, desse seu jeito que você me olha.
Amo seu jeito de responder grosso pra quem precisa.
Amo o seu sorriso lindo, mais ainda aquele que você raramente sorri.
O brilho dos seus olhos, aah como eu amo!
Amo todas as vezes que voce chora, não importa o motivo, quando chora você mostra os seus sentimentos, mostra que precisa de algo e quando chora comigo, sou eu quem vou te ajudar, segurar a sua mao pro que precisar.
Amo suas lagrimas, você é do tipo de cara que mostra os seus sentimentos.
Amo.
Amo com cada parte de mim. Te amo sem reserva alguma.
Amo poder segurar a sua mão sem medo de solta-lá.
Amo tanto e amo mais quando me abraça e faz o mundo rodar.
[...]

Te amo.
[só promete nao esquecer~]

domingo, 17 de janeiro de 2010

E na minha primeira aula de direção, um caminhão da Coca-Cola imenso parado bem no meio da rua, estreitissima, meu instrutor me diz uma verdade:

-Sabe, odeio esses caminhões... Inclusive quando se trata de Coca, Brhama... Você sabia que eles nem tem o pista alerta?

E eu, no volante, com o pisca alerta ligado, dando passagem para um carro que vinha no outro lado da rua passar olho pra ele com cara de incógnita:

-Hã?
-É... Eles acham que podem simplesmente parar em qualquer lugar, atrapalham toodo o fluxo do transito e só deixam ligado esse pisca de "foda-se". E o que você faz? Se vira Negão!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Tá ai a um pouco do que foi a minha primeira aula de direção.... Com um instrutor desses, eu não poderia aprender a dirigir melhor xD
Também em Cheiro de Chuva. (aqui)

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Aquela Dança, aquela noite.

Dançar ela não sabia. Desde pequena não tinha coordenação alguma, mas adorava musica: a perfeição que os instrumentos podiam alcançar, os sentimentos que despertavam nas pessoas.
Era do tipo que ouvia de tudo, se encaixava em todas as rodinhas que continham fundos musicais. Gostava mesmo das batidas, da voz, dos ritmos.
Por vezes, dançou - tentou - na frente do espelho, até que tinha algum molejo(ou coisa do tipo). Se arriscava em um forró universitário. Nada de "rebolation". Se divertia nas festas no famoso "dois pra lá, dois pra cá"

Ele cresceu ouvindo rocks clássicos. Conhece a maioria. Detesta a "modinha"de hoje. Odeia funk, mas explica:o verdadeiro funk não, ele não gosta mesmo dos funks cariocas. Curte mesmo um bom solo de guitarra ou bateria.
Ritmo? Esse não tinha mesmo! Não é chegado a dançar. Curte sentado, quieto sua musica nos fones de ouvido.


Se conheceram, se gostaram. Discordaram muito, gosto é gosto, afinal, mas ambos se completam.
Um belo dia, numa festa, ela não quis dançar para ficar com ele, ali ao seu lado. Ele nesse dia quis dançar com ela mesmo sem saber, ver o brilho dela pela pista, ver seus cabelos acompanharem as notas musicais. Não importava a musica, nem o ritmo.
Aquele dia, ela lembra bem: a musica pouco importa, estava com ele, mesmo sem saber dançar sorriu tão lindamente.
Aquele dia ela lembra bem: Fora a melhor festa!


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Aquela formatura, foi e melhor.. dançamos até cansarmos! E ele estava tão lindo!
Ainda lembro-me do momentos em que me puxou para dançar:
"Senhoras e senhores, gostaria de convidar a todos para se juntarem à pista para a terceira valsa, declaro aberta a festa dos formandos. Parabens"

Foi quando ele estendeu a mão para dançar comigo.
*-*

domingo, 10 de janeiro de 2010

Certo dia, plantei em meu coração umas poucas sementes do amor. Hoje dei-me por surpresa: que grande e vistosa arvore brotou!
Forte e coberta de flores perfumadas. tomou conta de todos os pequenos espaços que tenho em mim. Rego-a todos os dias, com abraços fortes e beijos dos mais doces.


~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Esse ai escreve em um pedaço de papel... mas, ele não quis esperar eu postar aqui pra poder ler...
Te amo lindo! ♥
Também em Cheiro de Chuva

sábado, 2 de janeiro de 2010

"Só existem dois jeitos de aprender a amar alguém.
O primeiro é você se tornando o melhor amigo dela pra depois de apaixonar por ela.
O segundo é você se apaixonando por ela e depois se tornar o seu melhor amigo."

(Vitor e Léo)
~~~~~~~~~~~~~~~~
Pois incrivelmente você conseguiu me conquistar das duas maneiras ao mesmo tempo.
Te amo!


Também em Cheiro de Chuva.